Orientações Nutricionais para Diabéticos

Orientações Nutricionais para Diabéticos

AUTORA: Nutricionista Amanda Oliveira; Funcional, Esportista e Fitoterápica CRN:51967

Primeiramente é importante salientar que a alimentação para portadores de Diabetes é uma das mais saudáveis possíveis, podendo ser adotada por indivíduos sadios para prevenção de doenças e até mesmo para o controle do peso corporal.

Atualmente sabe-se que pessoas com diabetes devem realizar uma alimentação, variada, rica em frutas, verduras e legumes, fracionada em pequenas porções e com numero maior de refeições ao dia. Destacando-se a importância de uma reeducação alimentar, permitindo o consumo de todos os grupos alimentares sem exageros.

Para os diabéticos que pretendem adotar um estilo de vida saudável, deve-se pensar em seguir algumas recomendações nutricionais e adotar um estilo de vida aonde inclua alimentos ricos em fibras, proteínas e gorduras boas. Exemplo:

  • Grãos integrais: farinha de trigo, arroz e macarrão integrais, aveia, pães e biscoitos integrais.
  • Leguminosas: feijões, soja, grão-de-bico, lentilha, ervilha.
  • Legumes em geral: cenoura, abobrinha, chuchu, brócolis, couve flor.
  • Carnes magras, aves e peixes em geral.
  • Gorduras boas: óleos vegetais (soja, milho, girassol, canola), azeite de oliva, abacate.
  • Oleaginosas: castanhas, amendoim, avelãs, nozes e amêndoas.
  • Leite e derivados: devendo-se ter atenção para escolher iogurtes sem adição de açúcar.

Vale ressaltar que os tubérculos, como batata inglesa, batata doce, macaxeira e inhame são alimentos saudáveis, mas que por serem ricos em carboidratos, também devem ser consumidos com moderação.

As frutas também devem ser consumidas com moderação, por serem fontes em seu açúcar natural (frutose), recomenda-se a ingesta de três porções de frutas por dia.

Outros grupos alimentares devem ser consumidos com muita cautela e evitados sempre que puder. Exemplo:

  • Açúcar e doces em geral: Mel, geleia de frutas adoçadas, compotas com açúcar, chocolates, balas e guloseimas.
  • Farinha branca: Arroz polido, pães e massas de farinha branca.
  • Bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos industrializados, achocolatados.
  • Bebidas alcoólicas.
  • Embutidos: salsicha, linguiça, presunto, mortadella.

Recomendações nutricionais complementares:

  • Alimentar-se a cada 3 ou 4 horas para evitar hipoglicemia e hiperglicemia.
  • Ter sempre disponíveis alimentos práticos para serem consumidos nos intervalos das refeições como: frutas, castanhas ou biscoitos salgados com fibras.
  • Ler os rótulos dos produtos alimentícios com muita atenção. Não confiar apenas na denominação diet ou light. Observar também a composição nutricional do produto alimentício, identificando a quantidade de cada nutriente (gordura, carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais).
  • Monitore regularmente a glicose sanguínea.
Compartilhar
Kristiellen kawany

Kristiellen kawany

Estudante de Direito e Secretária da ACAAPESP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *